segunda-feira, 25 de abril de 2016

SAUDADE PERNAMBUCana


As  vezes  me  bate 
Uma  saudade  de  ti  Pernambuco
Que  feito  leito  de  rio
Correndo  sem  parar
De  mundo  afora
Até o  encontro  do  mar

E  nessas  lembranças  de  ti
Rolam  lágrimas  em  meu  rosto
Também  risos  gostosos
Que  eu  gosto  de  ouvir
E  recordar

As  lembranças  me  vêm 
Em  alegres  visitas
De  quem  recebe  urgente
O  amigo  que  sem  pressa
Não  pede  licença  pra  chegar

É  diferente !!!
Até  no  caldo  de  cana
Saboreado  entre  os  dentes
Bebido  no  lado  de  cá
Não tem o  sotaque  da  gente

Saudades ... 
Com  gosto  de  caldo  de  cana
Não  tem,  como  se  explicar ...
Saudade  Pernambucana
De caldo da cana Caiana
Com o sotaque do lado de lá.


Ant.  Pernambuco

ABR,  2016

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Que seu retorno seja breve, para matar essa saudade. Abraço amigo. 👏👏👏

    ResponderExcluir